English
Rabeca.org
Fausto Mendonça - O Último Mestre da Bandeira de Guaraqueçaba

Fausto Mendonça


Foto: Faustino e sua espousa Cida

O Último Mestre da Bandeira de Guaraqueçaba (2010)

O Fandango Caiçara perdeu um dos mais exemplares MESTRES. Homem simples, humilde, muito fervoroso em sua crença e fé no Divino Espirito Santo, violeiro, rabequeiro, mestre de Fandango e de Romaria... Faleceu neste dia 18 de julho o Mestre Faustino (Fausto Mendonça).

Fausto Mendonça nasceu no Varadouro em 1917, filho de José Vítor Mendonça e Teresa Costa. Há cerca de 65 anos residia na comunidade de Vila Fátima, onde criou a família juntamente com a esposa Dona Cida (In Memoriam), entre eles, Zé Norberto (pai do violeiro Marcelinho), Amilton, grande rabequeiro e João Mendonça, grande violeiro, dons herdados do grande mestre e pai, Faustino, como carinhosamente era chamado.

Faustino era o último folião da Romaria do Divino Espírito Santo de Guaraqueçaba, época em que acompanhava a equipe do pai como Tipe e alguns anos depois assumiu a posição de Mestre, levando a Bandeira do Espírito Santo às comunidades de Ilha Rasa, Tagaçaba, Serra Negra, Itaqui, Guaraqueçaba... saiu também como Mestre da Bandeira de São Luiz de Ariri e de São José de Ararapira. Quando era Mestre da Romaria de Guaraqueçaba presenciou a seguinte história, que me narrou:

"certa vez, a Romaria estava chegando numa casa e a dona desta, saia para colher arroz e mesmo vendo que se aproximavam não deixou o trabalho, dando as costas para a Romaria, indo para a roça. Os foliões se aproximaram da casa e como ninguém veio buscar a Bandeira, prosseguiram a Romaria. Após terem visitados as casas daquela comunidade, no retorno, ao se aproximarem daquela casa que não os recebera, foram convidados a entrar, por parentes daquela senhora que não os recebeu, pois esta estava enferma e queria pagar a promessa que fizera. Dias antes, quando a Romaria passou e ela foi pra roça colher arroz, caiu um grão de arroz em seus olhos e ela ficou cega, prometendo ao Divino Espírito Santo, que quando retornasse aquela Romaria, passando em sua casa, iria recebê-lo. Cumprindo, milagrosamente recuperou a visão".

Faustino, no ano de 2008, recebeu o Prêmio Culturas Populares Mestre Humberto Maracanã da Secretaria da Diversidade Cultural/Ministério da Cultura. "fandango de Intruido / semana de brincadeira / que começa no domingo / termina segunda-feira / essa modinha aprendi / lá no porto da Ribeira / no cravo da laranjeira".

Fonte:

Mais informações:

http://fandangodoparana.blogspot.com/search/label/Fandangueiros

Indice = 131

Deixar Comentário